Oie pessoal, tudo bem com vocês? Estou muito feliz em acompanhar a mudança da publicidade, onde se iniciou a valorização pelo real, pelas pessoas reais e suas belezas. Essa alteração pode-se ver em diversas peças publicitárias nos últimos anos, buscando mudar a ideia de padrão de beleza.

Alguns comerciais que combatem a ideia de um padrão de beleza

Dove, Retratos da Real Beleza – Vocé é mais bonita do que pensa

Natura – Refaça o pacto com a sua beleza

https://www.youtube.com/watch?v=XbotrqucYCg

Natura Chronos – Velha pra isso

Boticário – Beleza gera beleza

Natura – O que é beleza pra você?

https://www.youtube.com/watch?v=Be3AFHbM2iU

Desmistificando padrões

Pudemos conferir a desmistificação de artistas, apresentando sua vulnerabilidade e sua beleza real, como apresentado em 2014, pela revista americana Vanity Fair. O fotógrafo Chuck Close fotografou 20 artistas sem maquiagem e sem edição para a revista, na edição de fevereiro. Ele declarou que não faz “fotos de glamour”, e os artistas não estão retocados ou algo do tipo.

Eles têm que desistir de uma grande dose de vaidade a fim de fazê-lo (o trabalho)”. Ele fotografou Brad Pitt, Oprah e Sean Penn entre outros.

A beleza é uma preocupação inata do ser humano, de sua vontade e necessidade de ser aceito, desejado e querido. Ela é tida como o maior atrativo, entretanto, temos que refletir sobre o que é o BELO REAL.

O que é beleza e por que julgamos alguém bonito ou não. A quais conceitos somos expostos e por que aceitá-los?

Para mostrar que a beleza não é conceito fechado, foi realizado um experimento, onde solicitaram a 28 designers espalhados pelo mundo que alterassem a imagem de uma mulher de lingerie, para deixá-la atraente (levando em consideração o esteriótipo de cada país).

E o resultado foi impressionante!

Em alguns casos, houve pequenas alterações na foto original, porém em outras, a transformação é completa, levando para os parâmetros culturais de beleza de cada cultura.

Infelizmente não foi selecionado nenhum brasileiro, mas já é possível nos fazer refletir sobre o que é realmente é a beleza e que é apenas um conceito, temporal e mutável.

Por isso, lembre-se que a beleza é sua personalidade! Cortes de cabelo, cores, estilos de roupas são acessórios para a expressão de quem você é e não deve ser visto como a busca de atributo a ser alcançado O que atribui charme a uma pessoa é sua personalidade, sua espontaneidade e seu carisma, o resto é ferramenta para tal expressão.

Um grande abraço!

Débora Loureiro