fbpx

Recursos financeiros: energia circulante da vida

//Recursos financeiros: energia circulante da vida

O que significa recursos financeiros para você? Se pudéssemos trazer ao mundo esse sentido e colocar em números, qual seria a quantia que traria satisfação para você? Você está gerando recursos financeiros compatíveis com suas habilidades e conhecimentos, compatíveis com a sua entrega de valor à sociedade?

Algumas pessoas ficam com medo de dizer o quanto cobram. Não sabem ou não conseguem expressar o quanto vale verdadeiramente sua força de trabalho. Por outro lado, se veem em situação financeira abaixo do que desejam. Saber declarar o seu valor passa pela autoestima e pelo autoconhecimento.

Algumas pessoas acham que a fortuna não é para elas. Pensam de que alguma forma não são boas o suficiente. Que não estão à altura até mesmo do que ganham hoje.

Dinheiro é um meio para realizar sonhos. Com os recursos financeiros suficientes, podemos fazer mais do que as despesas mensais. Conseguimos também temos condição de manter uma reserva para projetos maiores.

Ajuda muito racionalizar os recursos financeiros que temos. Levantar os valores que gastos mensalmente, o quanto existe nas reservas e os valores do que queremos adquirir. Existirá poder ao ter um plano de ação e saber a posição financeira com base em números.

Como você se sente com relação a quanto ganha por mês pelo seu trabalho? Sente-se bem, realizado e confortável?

Você verdadeiramente está recebendo o justo pelo seu talento, pelo seu trabalho e dedicação? O quanto você merece receber? Qual seria o valor que você acredita que se recebesse teria satisfação com relação a essa área de sua vida?

Energia Circulante

Para que possamos trazer prosperidade financeira para nossa vida, temos que entender que dinheiro é energia em movimento. Ele flui de um lugar para outro por causa de ideias. Do quanto se acredita que algo vale. Ele é a justa devolutiva da vida por algo realizado. Não existe nada de errado nele ou em querer o dinheiro.

O capital é o que torna possível a vida. Traz nosso alimento, nossa moradia, segurança. Permite a realização dos sonhos. É o que oxigena nossa vida e as nossas relações com o mundo.

O problema é buscar o dinheiro como um fim de si mesmo. Isso não traz prosperidade. Ele é um instrumento para conseguir algo. Moralmente o dinheiro é neutro. O que atribui características boas ou más tem a ver com o que é feito com ele.

Ao compreender o ciclo do capital, seus recursos financeiros começar a fluir. Eles chegam até você, permanecem por um tempo e depois voltam para o mundo. Não podemos confundir planejamento com avareza. Deixe-o ir quando for seu momento.

Se por algum motivo receber um capital, sempre tenha em mente quando você irá se desfazer dele. Devolva para a sociedade. Ele estará com você por um tempo, cumprirá seu papel e depois será enviado para outra pessoa que fará uso dele.

A Roda da Abundância

Aprendi na minha vida o poder da Roda da Abundância, quatro passos para trazer aquilo que desejamos para nossas vidas:

  1. Declarar: quando trazemos para o plano físico o que desejamos, temos mais chances de conseguir conquistar aquilo. Escreva o que deseja, torne concreto seu sonho, deixe em um lugar visível o seu objetivo;
  2. Solicitar: diga para seus aliados, para quem você conhece, para o mundo o que você deseja. Não guarde para si seus sonhos porque estou certo de que existem pessoas que querem ajudar você. Pode ser que apenas elas não saibam como podem contribuir com seus objetivos. Além disso, tem aqueles que podem perceber de que maneira seus próprios objetivos se relacionam com o seu. Tornar claro isso, traz a oportunidade de fazer novas alianças.
  3. Agir: nada acontece se não transformamos o que pensamos em ação. Temos que nos colocarmos em movimento. Caso algo saia diferente do planejado, não pare. Continue a nadar!
  4. Agradecer: a gratidão é o ponto final dessa jornada. Saber ser grato pelos pequenos e pelos grandes milagres que experimentamos ao longo de uma vida. Isso nos enche de energia e mantém nossa mente com o foco no positivo. Isso nos ajuda a Declarar nossos novos objetivos e a Roda da Abundância começar a girar novamente.

Segredo para aumentar os recursos financeiros

Muitas pessoas me perguntam como mensurar se o quanto estão recebendo é o justo pelas suas atividades. Algumas delas dizem que comparam com os rendimentos de seus pares, de pessoas com o mesmo nível acadêmico e mesma posição profissional. Outras, contam que parametrizam seus rendimentos com um valor por hora.

Vou contar um segredo que aprendi em meu treinamento para Mentor com o Hendre Coetzee. Ele me disse que se basearmos o que ganhamos nas outras pessoas, estaremos sempre baseados na média, no comum. E como querermos resultados extraordinários, não podemos nos contentar com o que a maioria das pessoas ganha.

Com relação a basear nossos ganhos em um valor por hora, ao fazer isso estamos limitando os nossos ganhos, uma vez que o volume de horas que temos em nossos dias são igualmente limitados.

Uma dica incrível que recebi e que faz todo sentido é a de negociar o valor que se recebe pelo RESULTADO que entrega ao seu cliente. Assim, se você é um profissional que tem a capacidade de gerar um valor incrível para quem contratar você, o quanto vale isso? Qual o valor da solução do problema daquela pessoa? Esse talvez seja um dos maiores truques para gerar capital: resolver problemas e ser remunerado de forma condizente com essas resoluções.

A questão não é o tempo necessário para executar a tarefa, nem o quanto os outros cobram para fazer algo similar, mas sim o valor real do que foi executado.

O Técnico de Informática

Isso me lembra da história do técnico de informática que foi chamado para realizar um conserto em um computador caríssimo. Chegando lá apertou umas teclas, balançou a cabeça negativamente e desligou o aparelho. Pegou uma chave de fenda do bolso e deu uma volta e meia em um minúsculo parafuso. Ao religar o computador ele estava funcionando perfeitamente.

O presidente da empresa, encantado com a solução rápida pergunta o valor do serviço para pagar rapidamente.

Então o técnico responde:

– São mil reais, por favor?

– Mil reais? Você deve estar brincando! Esse dinheiro todo para apertar apenas um parafuso? Só pago o serviço com uma nota detalhando o serviço que justifique tal valor.

O técnico concordou e no dia seguinte voltou com a nota, que após o presidente ler, saiu para efetuar o pagamento:

  1. Apertar um parafuso: R$ 1,00
  2. Saber qual parafuso apertar: R$ 999,00

Total: R$ 1.000,00

Moral da história: tem muito mais valor aquilo que você sabe do que o tempo e a aparente simplicidade na execução do serviço. Quantas outras formas poderiam ter sido feitas que não trariam resultados ou pior, resultariam em prejuízo? Quando o trabalho está sendo feito, não está sendo remunerado apenas aquele tempo dedicado a ele, mas sim todo o estudo até aquele momento.

Tudo tem a ver com as horas de dedicação, os livros comprados, as noite em claro, as vivências anteriores. É fundamental lembrar dos sucessos e derrotas que moldaram sua mente e seu espírito para que fosse possível entregar aquele resultado naquele prazo.

Aumentando hoje seus recursos financeiros

O que você pode fazer hoje para que possa chegar cada vez mais próximo do valor que julga merecedor em virtude do que entrega ao mundo? O quanto você acredita realmente que é possível ter esse rendimento em sua vida?

Algumas pessoas tem dificuldades em receber, em estabelecer um valor que acredita que seja justo pelo seu trabalho e batalhar para de fato ter esse rendimento. A questão é que se não atuarmos decisivamente para ampliarmos nossos rendimentos, até um nível que julguemos satisfatório, ficaremos apenas com a sensação de incompletude e talvez de injustiça.

Porém a questão está em suas mãos, seja em sua atuação principal, seja na condição de estar em sistemas que ofereçam mais recursos financeiros. Você tem as aptidões necessárias para entrar na Roda da Abundância? É capaz de declarar para si mesmo o quanto merece receber, contar isso para o mundo, ir atrás dessa meta e agradecer pelo que conquistou?

Essa abundância financeira é possível ter quando conseguimos equilibrar em nossas vidas, nossa capacidade de doar e de receber, assim somos pessoas prósperas. O que estamos doando ao mundo e o quanto estamos permitindo e lutando para que recebamos por isso?

Finanças como reflexo de seu mundo interior e sua atuação na vida

A sua vida financeira reflete o quanto você sabe e o bem que você faz ou pode fazer para o mundo? Você tem uma mente positiva, próspera e construtiva? O quanto você entrega para o mundo e quanto está recebendo em troca?

Uma forma incrível de aumentar seus recursos financeiros é olhar para o mundo e pensar no que ele precisa? Qual solução para os problemas dos outros eu posso trazer? Como ganhar escala? Fazer mais e para mais pessoas?

Algumas vezes precisamos enxergar a questão por outra perspectiva. Existe alguma outra forma de ganhar o dinheiro que você deseja todo mês? E o que você precisa fazer, o que você precisa entregar para que consiga trazer esse capital?

Naquilo que você é verdadeiramente incrível, único, como é possível conseguir obter mais rendimentos? O que está faltando? Atualização e novas certificações, nova posição dentro da organização atual, novos ares profissionais, abertura de um negócio próprio?

Sabendo o que falta, o que pode ser feito para dar um passo na direção desse objetivo?

Está enfrentando dificuldades com dificuldades com seus recursos financeiros? Vamos conversar sobre isso? Escreva para mim: marco@institutoloureiro.com.br, posso ajudar com visões e desenvolvimentos. Abra as portas da sua vida para a prosperidade.

Por |2018-06-06T11:19:06+00:0030 abril 2017|Conheça a si mesmo|

Sobre o Autor:

Presidente do Instituto Loureiro de Desenvolvimento Humano e da Novah Agência de Comunicação. Desenvolvedor humano, coach, mentor, professor, escritor, matemático, terapeuta corporal ayurvédico e tântrico, autor e palestrante. Pesquisador e um dos pioneiros da aplicação integrada de técnicas e conceitos de Pedagogia, Coaching, Mentoring e Ayurveda no desenvolvimento de pessoas. Atuou durante mais de 20 anos como professor e palestrante, tendo desenvolvido milhares de pessoas ao longo desse período. Cursou Engenharia Civil, Bacharelado em Estatística, Licenciatura de Matemática e Marketing com especializações nas áreas de Psicologia, Educação, Marketing e Astronomia, pelas instituições USP, FGV, FAAP, UNIP. Violonista clássico, geek e colecionador de livros e documentos raros.

One Comment

  1. Cláudia 19 de fevereiro de 2018 at 23:19 - Reply

    Muito oportuno este artigo. Realmente precisamos dar valor a quem tem valor. Apreciei bastante, até porque, estou entrando em um novo ciclo de vida e, este artigo me encorajou a acreditar mais no meu potencial humano e profissional. Obrigada.

Deixe um Comentário