fbpx

Life Coaching, o que é?

//Life Coaching, o que é?

Questões pessoais relacionadas à família, amores, saúde, estudos, espiritualidade, propósito de vida, visão de mundo e construção de legado, tudo isso é trabalhado dentro da perspectiva do Life Coaching.

Aqui, a pessoa percebe que existe uma necessidade de transformação e tem uma inquietação para mudar aspectos de sua vida.

Dentro dessa esfera em linhas gerais temos dois momentos da vida que uma pessoa pode se encontrar e em cada uma delas, existem estratégias específicas que podem ser trabalhadas.

Os momentos são: Capítulo da Vida e Transição de Vida (adaptado de Fred Hudson, Handbook of Coaching).

No Capítulo da Vida temos dois cenários:

>> Cenário 1: Quando o coachee está na fase de concretização de metas, em período de sucesso e estabilidade.

Papel do coach: Gerar ação, criar foco e motivação para que o coachee possa atingir seus objetivos.

Estado interno do coachee: Performance positiva, confiança, coragem, euforia, desafios, sentimento de realização e capacidade, agenda cheia.

Possíveis atividades: treinamento para atender novas demandas, gerenciamento de tempo, foco no plano/visão, tomada de decisões, gerenciamento de estresse, cuidar de si, criar tempo para se recuperar entre outras ações.

>> Cenário 2: Metas podem até existir, mas não o estimulam a ir em frente.

Papel do coach: Auxiliar o coachee na busca de um sentido e estimular ação e visão

Estado interno do coachee: O coachee sente-se preso, em dor, em sofrimento, com raiva, restrito, limitado, performance negativa.

Possíveis atividades: Criar o plano de saída, retomar atividades, classificar valores e estabelecer missão e visão; busca de novo emprego/carreira, nova qualificação ou treinamento e criação de networking.

Na Transição de Vida, também temos dois cenários:

>> Cenário 1: O coachee deseja direções novas, após ter passado por um período de transição e se prepara para se desenvolver.

Papel do coach: Auxiliar o coachee a estabelecer metas e alinhar seus valores com elas, identificar qualidades e talentos, estimular autoconfiança, criar em conjunto com o coachee uma visão de futuro.

Estado interno do coachee: tristeza, raiva, solidão, alívio, reforço da autoconfiança, performance negativa.

Possíveis atividades: treinamento em nova área, entrada ou saída em um relacionamento, viagens, meditação, exploração interna.

>> Cenário 2: O coachee está pronto para avançar no seu processo de crescimento.

Papel do coach: Focar em modelos mentais positivos, manter expectativas realistas, estimular a ação.

Estado interno do coachee: Criatividade, entusiasmo, alegria, confiança, energia, curiosidade, performance positiva.

Possíveis atividades: Busca de carreira, novo diploma/conhecimento, explorar opções, novos interesses, estudos.

Por | 2018-06-06T11:19:12+00:00 25 outubro 2016|Coaching|

Sobre o Autor:

Presidente do Instituto Loureiro de Desenvolvimento Humano e da Novah Agência de Comunicação. Desenvolvedor humano, coach, mentor, professor, escritor, matemático, terapeuta corporal ayurvédico e tântrico, autor e palestrante. Pesquisador e um dos pioneiros da aplicação integrada de técnicas e conceitos de Pedagogia, Coaching, Mentoring e Ayurveda no desenvolvimento de pessoas. Atuou durante mais de 20 anos como professor e palestrante, tendo desenvolvido milhares de pessoas ao longo desse período. Cursou Engenharia Civil, Bacharelado em Estatística, Licenciatura de Matemática e Marketing com especializações nas áreas de Psicologia, Educação, Marketing e Astronomia, pelas instituições USP, FGV, FAAP, UNIP. Violonista clássico, geek e colecionador de livros e documentos raros.

Deixe um Comentário

converse agora